Sexta, 12 de Julho de 2024
17°C 19°C
Ilha Comprida, SP

CREMESP identifica irregularidades no Hospital Regional de Pariquera-Açu

CREMESP identifica irregularidades no Hospital Regional de Pariquera-Açu

23/03/2022 às 17h12 Atualizada em 23/03/2022 às 17h12
Por:
Compartilhe:
CREMESP identifica irregularidades no Hospital Regional de Pariquera-Açu

 

Diretor superintendente do Consaúde, José Antonio Antosczezem

Falta de medicamentos eproblemas de manutenção foram algumas das falhas encontradas

O Conselho Regional deMedicina de São Paulo (Cremesp), por meio de seu Departamento de Fiscalização,fez uma vistoria no Hospital Regional Dr. Leopoldo Bevilacqua, em dezembro de2021, e encontrou diversas irregularidades, que foram, inclusive, expostaspelos médicos do local. A instituição pública estadual é gerenciada peloCONSAÚDE, que é um consórcio de prefeituras do Vale do Ribeira.

Entre os problemasidentificados pela fiscalização do Cremesp, estão a dificuldade dosprofissionais para realização de atendimento — uma vez que havia escassez dosmateriais necessários para os procedimentos —, e plantões com horáriosabusivos. Além disso, havia falta de manutenção no hospital, fato este queprejudica o conforto dos profissionais e dos pacientes. Veja abaixo todos essesproblemas, de maneira detalhada:

Serviço

- falta demedicamentos, insumos e equipamentos básicos que fizeram o Corpo Clínico e asdiretorias do hospital cancelarem as cirurgias eletivas do mês de dezembro,medida tomada a fim de diminuir os riscos dos pacientes e para atender apenasemergências com o estoque restante;

- médicos tiveram queutilizar da substituição de medicamentos;

- escalas de plantãomédico incompletas, com lacunas e alguns profissionais permanecendo no local doplantão por mais de 24 horas

Manutenção

- falhas na manutençãoda estrutura física do hospital, ambientes com infiltração em paredes e semar-condicionado, além de aparelhos de ar condicionado deteriorados;

- aparelhos médicos comproblemas na manutenção, falta de cabos de oxímetros, mobiliário parcialmentedeteriorado

 Entenda o caso

Segundo Sandro MarcioFrizzera Scardua, diretor técnico do Hospital Regional Dr Leopoldo Bevilacqua,há vários meses o local passa por dificuldades financeiras. O médico tambémdisse que houve diminuição do repasse de verbas da Secretaria de Saúde estadual,causando o aumento do endividamento do hospital e falta de pagamento aosfornecedores, que deixaram de realizar vendas e entregas de insumos e medicamentos.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Lenium - Criar site de notícias